Pages

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Caiu na net Exclusivo sem tarja vazou veja aqui o vídeo do ex-BBB Rodrigo Portuga se masturbando na webcam


Caiu na net Exclusivo sem tarja vazou veja aqui o vídeo do ex-BBB Rodrigo Portuga se masturbando na webcam site Cuiabá Tudo Na Hora
http://www.cuiabatudonahora.com.br/2014/12/caiu-na-net-exclusivo-sem-tarja-vazou.html

Não a Savi aliado de Riva - Pedro Taques foi ao jantar com grupo de 11, chapa com o nome "Coragem para Mudar", Emanuel Pinheiro como presidente e Botelho de primeiro-secretário

INDO BEM
Chapa Emanuel/Botelho ganha sinal verde de Taques

Logo no primeiro encontro, nesta quinta à noite, Eduardo Botelho, um dos novatos como deputado a partir de fevereiro, conseguiu reunir mais 10 colegas parlamentares, o governador eleito Taques e o futuro secretário-chefe da Casa Civil, advogado Paulo Taques. O grupo debateu a eleição da Mesa da Assembleia. A chapa com o nome "Coragem para Mudar",mesmo slogan usado por Taques na campanha, apresenta Emanuel Pinheiro como presidente e Botelho de primeiro-secretário. Os 11 deputados presentes se uniram à chapa. Taques vai ajudá-los a buscar ao menos mais 5 que hoje estariam apoiando a chapa Maluf-Savi. Estavam presentes no jantar os deputados Rezende, Nininho, Wagner Ramos, Zé Domingos, Wilson Santos, Wancley, Taborelli, Oscar e Max, além de Emanuel e Botelho.

O encontro realizado na residência de Botelho no bairro Bosque da Saúde contou com a presença do governador eleito Pedro Taques (PDT) e o futuro chefe da Casa Civil, Paulo Taques (PDT). O empresário também conta com o apoio dos prefeitos de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), e Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT).
Além de Botelho e Pinheiro, o grupo conta oficialmente com o apoio de outros nove parlamentares: Wilson Santos (PSDB), Wancley Charles (PTV), Pery Taboreli (PV), Oscar Bezerra (PSB), Nininho (PR), Zé Domingos (PSD), Wagner Ramos (PR), Max Russi (PSB) e Sebastiao Rezende (PR).
OUTRA REUNIÃO
emanuel-botelho.jpg

Deputados defendem mudança e querem apoio de Zeca, Leonardo e Masson, que aliaram a José Riva na disputa da mesa para manter Mauro Savi na primeira secretaria.


Hoje, a chapa adversária formada pelos deputados Guilherme Maluf (PSDB) para presidência e Mauro Savi (PR) para primeira-secretaria tem 13 membros. O grupo também se encontrou na noite de ontem, mas o governador Pedro Taques não prestigiou o evento num claro sinal de que não está satisfeito com a posição do tucano em compor com o grupo de adversários políticos.
O grupo que conta com o apoio do governador Pedro Taques deve buscar nos próximos que os deputados Zeca Viana e Leonardo Albuquerque, ambos do PDT, e Saturnino Masson (PSDB) sejam "repatriados".
Já em relação ao deputado Dilmar Dalbosco (DEM), que foi eleito na coligação de Pedro Taques, a situação é mais complicada. O parlamentar democrata tem profundas ligações com Mauro Savi e dificilmente irá retornar ao grupo que prega mudanças conceituas no parlamento que em 2015 deverá ter um orçamento de cerca de R$ 400 milhões.
Oficialmente, o lançamento da chapa de Botelho e Pinheiro será na próxima terça-feira. A composição irá copiar o mesmo slogan da campanha de Taques ao Governo, que é "Coragem e Atitude para Mudar".

Cuiaba Tudo na Hora
João Batista de Oliveira

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Em defesa da renovação e ética, Botelho e Emanuel Pinheiro lançam chapa para disputar a mesa diretora

Novamente começou a crescer o coro pela renovação total, nesse caso o deputado Mauro Savi (PR) que é o ordenador de despesa da Assembléia Legislativa estaria fora da chapa encabeça pelo grupo de Pedro Taques (PDT).

Não a erá José Riva - O deputado Emanuel Pinheiro foi o primeiro dos 13 deputados da oposição a não apoiar a união do grupo no comando da Mesa Diretora, que será responsável pelo biênio 2015-2016.

Em consonância com o que prega Pedro Taques. (Ética),a disputa pela Mesa Diretora da Assembleia ganhou novos contornos. Os deputados Emanuel Pinheiro (PR) e Eduardo Botelho (PSB) se reúnem hoje com o governador eleito Pedro Taques (PDT). Eles vão comunicar a formação de uma chapa, tendo Pinheiro como presidente e Botelho como primeiro secretário.

A nova chapa marca definitivamente o racha na bancada de Taques, que já tem o tucano Guilherme Maluf disputando a Presidência da AL e o republicano Mauro Savi na Primeira Secretaria. 


Ontem Guilherme e Savi contabilizavam 13 votos. Hoje, com o entendimento entre Botelho e Pinheiro, as contas revelam 12 votos para cada lado. Emanuel Pinheiro confidenciou a interlocutores que espera a adesão de mais dois parlamentares.

João Batista de Oliveira
Cuiabá Tudo Na Hora
Cuiaba Tudo na Hora

Leia mais


Homem de confiança do governador eleito Pedro Taques (PDT) na Assembleia Legislativa (AL), 
o deputado estadual Zeca Viana (PDT) avaliou que a resistência a Eduardo Botelho (PSB)
 prejudica a construção de uma chapa de consenso para a Mesa Diretora. 
Viana recebeu a missão de costurar a unidade em prol da governabilidade do 
futuro governo. Minoria no parlamento, a situação precisa da 
oposição para manter a paz no início da nova administração,só que não consegue explicar o
 porque da escolha de Mauro Savi para assumir a primeira secretaria, 
tendo em vista que o deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR) 
tem apoio da maioria dos parlamentares de sua bancada, 
sobre esse episodio o homem de confiança de
 Pedro Taques não explicou, tendo em vista que 
Mauro Savi é o candidato do deputado José Riva 
para assumir o segundo cargo mais importante do parlamento.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Emanuel Pinheiro (PR) – Articulado politicamente e bom de oratória, Tem uma assesoria de imprensa com atuação pífia

Atuação pífia da assessoria de imprensa do deputado Emanuel Pinheiro, reuniu poucos jornalistas para o tradicional bate papo
O deputado Emanuel Pinheiro esteve reunido nesta terça-feira para o tradicional bate papo com os jornalistas de Cuiabá e região. O encontro celebrou boas pautas com os companheiros da imprensa. — no Hotel Paiaguás Palace-Cuiabá- o que aconteceu infelizmente pelo que parece é que sua assessoria de imprensa não vem acompanhado o seu ritmo de trabalho pois mobilizou menos 15 jornalistas de Várzea Grande e Cuiabá para o referido encontra numa demonstração de uma atuação pífia.

O parlamentar que tem uma atuação de destaque, mais vem pecando no que diz respeito a sua assessoria de imprensa, com uma atuação pífia, diferenciando do parlamentar, a prova foi o encontro com os jornalista, um Vergonhoso encontro no Hotel Paiaguás Palace que deixou o parlamentar constrangido.

Atuação pífia da assessoria de imprensa do deputado Emanuel Pinheiro, reuniu poucos jornalistas para o tradicional bate papo

Emanuel Pinheiro (PR) – Articulado politicamente e bom de oratória, Tem uma assesoria de imprensa com atuação pífia
O deputado Emanuel Pinheiro esteve reunido nesta terça-feira para o tradicional bate papo com os jornalistas de Cuiabá e região. O encontro celebrou boas pautas com os companheiros da imprensa. — no Hotel Paiaguás Palace-Cuiabá- o que aconteceu infelizmente pelo que parece é que sua assessoria de imprensa não vem acompanhado o seu ritmo de trabalho pois mobilizou menos 15 jornalistas de Várzea Grande e Cuiabá para o referido encontra numa demonstração de uma atuação pífia.

O parlamentar que tem uma atuação de destaque, mais vem pecando no que diz respeito a sua assessoria de imprensa, com uma atuação pífia, diferenciando do parlamentar, a prova foi o encontro com os jornalista, um Vergonhoso encontro no Hotel Paiaguás Palace que deixou o parlamentar constrangido.

Janete Riva (PSD) Ensino Médio - VAGA NO TCE Presidente contraria grupo de Riva e não analisa recurso da Assembleia

VAGA NO TCE
Presidente contraria grupo de Riva e não analisa recurso da Assembleia
Leia mais

Emanuel Pinheiro afirmou que a bancada do PR defende alternância no comando da mesa diretora, outro nome da legenda que não seja Mauro Savi para compor no grupo de Pedro Taques

PR não tem “racha” pela mesa diretora da AL, Segundo o deputado Emanuel Pinheiro (PR), existe um diálogo com o grupo governista para indicação de outro nome da legenda que não seja Mauro Savi (PR)

Sem consenso dentro do PR, o deputado Mauro Savi (PR) vai perdendo força na disputa pela mesa diretora e os outros quatro deputados da sigla já se articulam para indicar outro nome.

Além disso, Emanuel Pinheiro (PR) conta ter iniciado uma negociação com Guilherme Maluf (PSDB) que foi suspensa por conta do próprio tucano e também admitiu já ter conversado com Eduardo Botelho (PSB).

Maluf e Botelho são os dois nomes do grupo ligado ao governador eleito Pedro Taques (PDT) que buscam o comando da Mesa.

Apesar de admitir as conversas com eles, Pinheiro diz que não pretende fazer parte desta chapa e não colocou seu nome ainda para composição.

O republicano alega que trabalha para garantir a aprovação de um projeto de sua autoria que defende o fim da reeleição e distribui as funções para todos os cargos da mesa diretora, retirando do presidente e primeiro-secretário os “superpoderes” dado a eles, além de prever mandato de um ano, atualmente, são dois.

Para Pinheiro, fazer parte desta Mesa neste atual modelo não permitirá implantar mudanças significativas, portanto não pretende entrar para esta disputa. Sendo assim, outros três nomes do PR passam a ser cotados para ser indicado na disputa: Nininho, Wagner Ramos e Sebastião Rezende.

Por outro lado, Savi já estaria com conversas adiantadas também com Guilherme Maluf e estaria disposto inclusive a abrir mão da presidência para compor uma chapa única e permanecer na Mesa.

Pinheiro rebate e afirma que a prioridade do partido é a presidência da Assembleia Legislativa.

“Nós estamos fazendo este diálogo, conversando bastante, mas não tem nada definido, Queremos reunir com o partido, com Mauro, e a priori o pleito do PR é a presidência. São projetos de grupos, ideias, e os 24 deputados tem legitimidade para colocar uma candidatura”, afirmou Emanuel.

Apesar de toda a expectativa e das negociações, jantares e reuniões acerca da discussão em torno de nomes para Mesa, é possível que a definição ocorra apenas às véspera da eleição, marcada para dia 1º de fevereiro, data da posse dos 24 parlamentares.

Em princípio, o grupo aliado de Taques estaria resistente à formação de uma chapa única, porém alguns parlamentares do grupo já apontam para este consenso, como Zeca Viana, Dilmar Dal Bosco e Maluf. Oscar Bezerra (PSB) e Botelho são os que ainda buscam compor apenas com a situação.

A discussão deve se alongar durante todo o período de recesso e a eleição costuma ocorrer por blocos, por isso a importância do candidato ter apoio do partido para que sua bancada vote com ele e ganhe força na disputa. O PR é um dos partidos que já sinalizou que após a definição de um nome deverá impor aos deputados republicanos que votem com o colega. 

Postado por Cuiabá Tudo Na Hora
Cuiaba Tudo na Hora
 

Blogger news

Blogroll

About